21 3327-3527

Após a publicação de meu último post, sobre a polêmica do Losartana, (para ler o último post clique aqui), muitas pessoas me pediram sugestão de um remédio natural capaz de ajudar no controle da hipertensão.

Pois bem, mais adiante apresento uma planta medicinal de forte ação contra o problema da hipertensão, para ser consumido em forma de chá. E, “de quebra”, falo do mineral estratégico no apoio ortonutromolecular às pessoas hipertensas, também de fácil consumo.

Então, aqui vai a minha sugestão: trata-se do chá de Alho ou Allium sativum – uma das plantas Tops da fitoterapia no mundo há séculos. Apesar de considerado mais como um condimento culinário, ele vai muito além disso, sendo uma erva de grande poder antioxidante e fortificante do sistema imune, onde tem indicações comprovadas nas gripes e resfriados, bronquites, inflamações da garganta. Também tem destacada ação terapêutica na hipertensão, nos problemas da glicemia e do colesterol altos, além de afinar o sangue e tratar problemas circulatórios.

Aliás, em relação à hipertensão, o Alho também é o fitoterápico mais estudado pela ciência, que comprovou os seus efeitos anti-hipertensivos já conhecidos pela medicina natural há muito tempo. Conforme os estudos científicos, o alho promove a dilatação dos vasos, afina o sangue e também regula a diurese, portanto um remédio natural 3 em 1 (anti-hipertensivo, anticoagulante e diurético), mas sem efeitos colaterais.

A seguir, eu ensino uma forma caseira simples e barata, que é o chá de alho. Pode ser o chá por maceração ou o chá por infusão.

RECEITA do CHÁ DE ALHO por MACERAÇÃO: indicado inicialmente para aqueles que estão se tratando com medicamentos alopáticos anti-hipertensivos, anticoagulantes, diuréticos e antidiabéticos, pois o alho tem princípios ativos poderosos, que podem influenciar ou potencializar os efeitos destes medicamentos alopáticos; não deixe de acompanhar diariamente a sua pressão e sua glicose e avise o seu médico.

Como preparar: Coloque uma cabeça de alho descascado, levemente amassado e cortado em 5 ou 6 partes (não pique, triture ou esmague) dentro de um copo ou xícara com 200 ml de água filtrada e em temperatura ambiente, deixando tampado por 2 ou 3 horas. Guarde na geladeira e tome ao longo do dia, sem esquentar, 2 doses de 100 ml antes do almoço e da janta. Este chá deve ser tomado no mesmo dia de seu preparo. Duração: tome por 3 semanas, descansando por 1 semana,
e comece mais um ciclo de 3 semanas, mas sempre acompanhando os sintomas e fazendo medições diárias . Quando completar 3 meses avalie o resultado, e se for preciso procure a orientação de um profissional.

RECEITA do CHÁ DE ALHO por INFUSÃO: Em uma xícara de chá com 2 ou 3 dentes de alho levemente amassados e picados em 3 pedaços, despeje água fervida, deixando descansar e tampada por 5 a 10 minutos. beba morno e sem adoçar, 1 vez ao dia, por 3 semanas, e caso tenha boa adaptação, suspenda por uma semana, e comece mais um ciclo de 3 semanas, mas sempre acompanhando os sintomas e fazendo medições diárias. obs.: em pessoas com gastrite ou com sensibilidade no estômago, o chá de alho não é recomendável por que ele pode irritar a mucosa do estômago.

Sobre a dica do Mineral.

Trata-se do Magnésio, um mineral fundamental para a nossa saúde, que participa em mais de 300 reações químicas em nosso organismo, inclusive na regulação da pressão arterial, ajudando no relaxamento e dilatação das artérias e veias.

A forma mais simples e barata de suplementar o magnésio para hipertensão é através do Cloreto de Magnésio.


RECEITA: despeje o conteúdo de um sachê (33 gr), vendido em qualquer farmácia ou loja de produtos naturais, em 1,6 litros de água filtrada (não use água mineral). O recipiente (jarra ou garrafa) deve ser de vidro e a mistura deve ficar na geladeira. Obs.: caso não tenha como medir o volume exato de 1,6 lt., pode diluir em 1,5 lts de água para facilitar. Dose: beber 50 ml (medida de uma xícara de cafezinho), 2 vezes ao dia, preferencialmente após o almoço e jantar. Se o intestino começar a “soltar” muito, vai reduzindo a quantidade até normalizar. Aliás, quem sofre de prisão de ventre também pode experimentar o uso do cloreto de magnésio, pois ele é um excelente laxante natural.

Outro benefício do magnésio é sua propriedade de auxiliar o sono. É um ótimo recurso para ajudar na insônia, especialmente das pessoas com hipertensão. Viu só? um nutriente útil na hipertensão, prisão de ventre e insônia (3 em 1).

Atenção: não recomendo que ninguém abandone ou altere, por conta própria, qualquer tratamento de saúde sem o conhecimento ou orientação do profissional, médico ou terapeuta.

Saiba mais sobre o Protocolo Natural – Hipertensão, clicando aqui.

Abrir o WhatsApp
Olá, precisa de ajuda? Estamos online